terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

as cores

Faz muito tempo que eu não escrevo nada. Estou me forçando!

Aquela mesma menina, há algum tempo não pinta as unhas.
Andava mais apagada do que base fosca.
Parece que tinha tomado um banho de acetona...
Alguma coisa mudou de repente e fez com que ela quisesse pintar as unhas com todas as cores existentes. Com tantas cores que não haveriam dedos suficientes.
Colocara, então, um óculos com lentes coloridas, assim passara a ver o mundo da mesma maneira que sentia o seu ser...
colorido!

2 comentários:

André de la Costa disse...

oi marina.
nossa, faz tempo que não tenho nada pra escrever.
mas é bom ter a quem ler sempre.
um abraço!

Cler disse...

Tem horas que ser daltônico é ser abençoado. Quem precisa ver as cores certas o tempo todo se a gente pode variar? E se a gente mesma muda de cor?...