quarta-feira, 27 de junho de 2007

Day After

sonhei com a noite em que as horas não passavam
o que sentia era tão intenso
que parecia estar entre o precipício e o infinito
separado por um linha tênue
me pendurei nessa linha
andei na corda bamba com o guarda-chuva aberto
procurei me equilibrar
caí
acordei sem saber se meu tombo havia sido
rumo ao infinito ou ao precipício...

Um comentário:

lucas disse...

Lindo!
Eu imaginei, como uma bailarina tentando se equilibrar, mas ao mesmo tempo triste por não ver o tempo passar.